Sábado, 25 de Junho de 2011

Passos Coelho...a "galga"

No que respeita à ética republicana, o novel primeiro-ministro de Portugal, começa mal.

Dias a fio, encheram-se manchetes de jornais, abriram-se telejornais, em todas as estações de serviço televisivo em Portugal, com a primeira viagem , do dito ministro, "o primeiro", a Bruxelles, para participar no primeiro "conselho europeu"

A agenda do dito era deveras importante, mas o que prevaleceu foi a decisão de viajarem em classe económica, para darem o exemplo. Instado a comentar a situação, a Excelência afirmou: "Não foi o meu gabinete que divulgou. Não quisemos tirar partido da decisão. É para darmos o exemplo. Na Europa viajaremos, sempre, em classe económica."

Todos gabaram a decisão. Uns com ironia. Outros, muitos, com sincera admiração.

Vem agora, o ressabiado, ressentido, ingrato, não sei bem o que dizer mais, o Jornal de Negócios: "O primeiro-ministro, os ministros, os secretários de estado, nada pagam, quando viajam na transportadora aérea nacional. Sempre assim foi. É prática instituída, faz muito tempo."

Leia por aqui a Bomba

Cedo piaste, como dizia o outro, ao pássaro!

Leia-se aqui a noticia sobre a fraude primo-ministiriável.

Pela boca, aforismo dixit, "morre o peixe". Neste caso, "morre o coelho".

tags:

publicado por weber às 11:34
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Passos Coelho...a "galga"

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...