Quarta-feira, 8 de Dezembro de 2010

O realismo de Vítor Constâncio

 

Economista de primeira linha, com uma carreira que muitos invejam e malogrado presidente do nosso BdP, vitima da conjuntura politica e da crise "sistémica" do sistema financeiro.

Ora, foi, exactamente, sobre isso, que Constâncio, agora vice-presidente do BCE, foi fala em Paris, nas instalações da Fundação Gulbenkian.

Quem dá noticia dos hard-times que aí vêm é o nosso embaixador em Paris que, além do mais, resume bem o que o nosso economista disse: rigor e realismo.


publicado por weber às 10:00
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O realismo de Vítor Const...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...