Sábado, 22 de Outubro de 2011

Os sinais que não se cruzam...

Pedro Passos Coelho, PM do Governo de Portugal pede, melhor dizendo, obriga-nos a violentos sacrifícios.

Mas, ao invés, um ministro e um secretário seus, não só não o fazem como acumulam "benesses".

Estou a falar do MAI, Miguel Macedo e José Cesário, Secretário de Estado, por que afirmaram que residem a mais de 100 quilómetros de Lisboa...podem acrescentar aos seus proventos, cerca de 1400€/mês.

Leia a bela da noticia por aqui.

Vergonha, disse ela!

Sinais que não convergem: para exigir sacrifícios é necessário dar o exemplo...digo eu.

Foto - Miguel Macedo...com cara de "mai".

tags:

publicado por weber às 12:12
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Os sinais que não se cruz...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...