Segunda-feira, 28 de Setembro de 2009

Os resultados eleitorais

Ele há muitas maneiras de recuperar análises sobre os resultados, aritméticos, das eleições de ontem.

Por exemplo, confrontando-os com anteriores eleições:

 

1999

 

 

PS-2 385 922 - 44,0%

PSD-1 750 158-32,0%

PCP- 487 058-9,0%

CDS-451 643-8.0%

BE-132 333-2,0%

 

2002

PSD-2 200 765-40,0%

PS-2 068 584-38,0%

CDS-477 350-9,0%

PCP-377 870-7,0%

BE-149 966-3,0%

 

2005

PS- 2 588 312-45,03%

PSD- 1 653 425-28,77%

PCP-433 369-7,54%

CDS-416 415-7,24%

BE-364 971-6,35%

 

2009

PS- 2 068 665- 36,56%

PSD-1 646 097-29,09%

CDS-592 064-10,46%

BE-557 064-9,85%

PCP-446 174-7,88%

 

Nestas eleições, cujos resultados, tanto aritméticos como em número de deputados ainda não estão encerrados (falta eleger 4 deputados da emigração; habitualmente o PSD fica com 3 e o PS com 1, mas já houve uma eleição em que resultou o invés...).

Contudo, o que me parece de salientar são dois números singulares.

O Partido Socialista perde, nestas eleições, em relação a 2005, 519 647 votantes; o PSD perde 7 328 votantes.

Singularmente, a abstenção aumentou em 2009, relativamente a 2005, 479 439 votantes; os nulos aumentaram 8 719  votantes  e os Brancos diminuiram 4 570.

O balanço é, pois, destes itenes todos: + 483 588.

Se retirarmos este número aos votos perdidos pelo PS e pelo PSD obtemos um número quase sem significado:  43 487 votantes.

Em minha modestíssima opinião só este votos é que foram transferidos directamente para os Partidos que cresceram: CDS, BE e PCP.

J.A.


publicado por weber às 12:23
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Os resultados eleitorais

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...