Terça-feira, 7 de Fevereiro de 2012

República vs Monarquia

 
Ele há dicotomias perfeitamente tontas e desnecessárias.

Como a velha direita vs esquerda e mais um par de botas dicotómicas.

Esta, que titula, este post é uma delas.

Sabe-se o meu pendor republicano, mas no sentido de boa governança, da ética a comandar a cidade.

Para mim é, totalmente, indiferente o regime, desde que seja construido em cima da Lei e da democracia, e da igualdade, e da liberdade e da fraternidade.

Este é a figura, a geometria, sobre a qual deve ser desenhado o sistema, a sociedade, a comunidade, o país.

O resto e a soma, monarquia, ou república, indiferente.

A Grécia é uma república parlamentar, e as coisas não andam lá muito bem, tirante a crise sistémica que por aí alastra. A Arábia Saudita é uma monarquia e...A Rússia é uma república...Angola é republicana.

Os exemplos são aos magotes, para um lado e para o outro.

Sabe-se que JAM é monárquico, mas ao modo inglês, o que faz a diferença toda.

Eu gosto das monarquias do Norte da Europa (Bélgica, Holanda, Luxemburgo, Suécia, Noruega, Dinamarca e, noblesse exige, UK).

Mas gosto, também, de algumas repúblicas. Gosto da Alemanha, gosto da Itália, gosto de Portugal, mas gosto, ainda assim, da Monarquia Espanhola.

A pretexto da actualidade e dos 60 anos da sereníssima rainha de Inglaterra, Isabel II, que sucedeu a um grande rei, que liderou o reino e os ingleses durante a 2.ª guerra mundial, JAM escreve portentoso post contrato de gerações que pode ser apreciado por bem escrito e contundente. A ser lido sem preconceitos.


publicado por weber às 18:18
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. República vs Monarquia

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...