Terça-feira, 28 de Setembro de 2010

Até que podia ser um decálogo

 

Mas não.

José Ángel Gurría Treviño, economista mexicano, Secretário Geral da OCDE esteve em Portugal, ontem.

Leu um "relatório" com oito recomendações para sairmos das dificuldades em que Portugal se encontra.

Quase todas elas estão em linha com as orientações traçadas pelo governo de José Sócrates, ou quase todas...

Pode lê-las AQUI.

A questão que me assalta, diria mesmo, que salta e rebola à minha frente: - Será que António Nogueira Leite, um dos gurus das finanças públicas de Passos Coelho, invectivará o ilustre e competentíssimo técnico (no dizer do professor de economia Aníbal Cavaco Silva) com aquele grito medonho "eu sou professor de economia"!

As oposições, todas elas, PSD, CDS, BE e até o PCP, ficaram numa posição melindrosa.

Particularmente, Pedro Passos Coelho.

E agora, senhor Coelho?

Faz lembrar aquele anúncio:- E, depois, veio o coelhinho e comeu tudo.

Era bom que assim pudesse ser para a esfaimada tribo da S. Caetano à Lapa, mas, azar o deles, as coisas não estão de feição para a barca laranja.

E acresce, a tudo isto, uma facto de monta:- Cavaco Silva quer ganhar as eleições presidenciais e não lhe dá jeito nenhum uma crise politica no decurso da dita campanha eleitoral.

Creio que se anuncia, para muito breve, na sede do PSD um banquete, triste, mas ainda assim festim.

O prato principal? Óbvio:- Coelho no churrasco.

Ou, em alternativa, depois de marinado em vinho do Douro: - Coelho à caçador, depois de umas chumbadas valentes em coutada alentejana.

Como diria o outro:- Isto ainda vai acabar bem.

Parece que Passos Coelho vai reunir, dia 28 de Setembro de 2010, com economistas para preparar a visita a Belém, a saber, e cito: «No encontro, agendado para esta terça-feira pelas 09h00, marcam presença Medina Carreira, João Duque, Nogueira Leite e Mira Amaral, assim como Abel Mateus, ex-presidente da Autoridade da Concorrência, João Salgueiro, antigo presidente da Associação Portuguesa de Bancos (APB), Manuela Vilares e Manuel Luís Rodrigues.»
Não será por falta de competências criticas que Passos Coelho fará má figura.

Já agora, uma dica, à borla, mas que ele pode confirmar na reunião com o seu companheiro de partido, Aníbal Cavaco Silva: - Creio que, no tempo em que Soares era PR e o contabilista de Boliqueime, primeiro-ministro, a partir de uma certa altura, as célebres reuniões das quintas-feiras, a sós, passaram a ser "gravadas", por ambos os participantes.

Eu sei que Pedro Passos ainda gatinha nestas andanças da alta politica, mas podia aconselhar-se com os mais velhos.

Não acha?

Ou o engenheiro Ângelo já perdeu a mão nestas minudências? e está mais interessado no vil metal, no negócio por grosso e nas informações, que lhe vão escapando?

Pode ser.

Bem que pode ser. 


publicado por weber às 01:51
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Até que podia ser um decá...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...