Quarta-feira, 13 de Junho de 2012

Moral religiosa e vida prática

O Professor de bioética em Princeton e laureado da Universidade de Melbourne, escreve artigo interessante sobre os limites das práticas religiosas nas sociedades abertas. Este texto é feito e pretexto da próxima aprovação no Parlamento holandês, que acolhe deputados do Partido dos Animais, de uma lei que obrigará, todos os cidadãos, e ou matadouros, a atordoar animais para consumo, antes de serem abatidos.

Os líderes judeus e muçulmanos reagiram vivamente, pois que os seus preceitos religiosos não o permitem (os animais só podem ser abatidos se estiverem "acordados").

O texto do Professor é de mor interesse.

O uso e abuso da liberdade religiosa.


publicado por weber às 15:07
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Moral religiosa e vida pr...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...