Sábado, 12 de Novembro de 2011

O estado a que chegou o partido socialista

Ele há pessoas que contrariam, por acaso, por incompetência, por falta de sorte, que sei eu, os provérbios mais profundos e cultuados faz séculos entre nós.

Diz-se que a "esperança é a última a morrer".

Conheci uma menina Esperança, que morreu de doença maligna aos sete anos.

Afirma-se, sem rebuço, que o "seguro morreu de velho".

Cheira-me, não sei bem porquê, que o actual e desajeitado SG dos socialistas não se fará velho na politica, na liderança do partido que foi de Mário Soares.

Como, premonitório, enunciou o meu amigo Rogério Rodrigues, então jornalista em A Capital, "o Seguro morreu de novo". Parece um "calembour", mas a vida pode vir a ilustrar que é a pura das verdades.

Depois, ele há sonhos, desideratos, convencimentos.

Os que foram "directores-gerais" de juventudes partidárias, sonham em tornar-se ou SG's ou Presidentes dos partidos que lhes correspondem.

Ora, na actualidade, como se apresenta esta momentosa problemática?

Nos partidos do arco parlamentar:

PSD- Pedro Passos Coelho foi Presidente da JSD. É, actualmente, Presidente do PSD e está PM do governo de Portugal;

PS- António José Seguro foi Presidente da JS. Está, actualmente, mas pressinto que provisoriamente, SG do PS;

CDS/PP - Paulo Portas, Presidente do CDS...nunca foi jovem;

PCP- Jerónimo de Sousa SG do PCP...nunca foi jovem;

BE- Francisco Louçã Coordenador da Mesa do BE...nunca foi jovem.

José Sócrates, ultimo SG dos socialistas, que não esteve a prazo, somou duas vitórias eleitorais em Legislativas e averbou uma clamorosa derrota em 2011.

Nunca foi presidente da JS.

Foi à vidinha dele, logo na noite da derrota eleitoral e com um dos mais notáveis discursos de despedida: sem ressentimentos, sem desculpas, sem acrimónia e de uma densidade politica e retórica, que há-de ser recordado na história por fazer, a que falta escrever.

Neste vazio de poder partidário, o jovem Seguro avançou...contra Assis.

O aparelho levou o rapaz de Penamacor ao colo e...ei-lo SG dos socialistas. O primeiro round está ganho: ganhar o partido, mandar no partido, usar o partido.

Com meia dúzia de meses na liderança, António José Seguro soma o disparate à incompetência, a falta de jeito às faltas cometidas na grande área do Parlamento, das Televisões, dos jornais e das Revistas.

Diz-se que, internamente, as inconveniências e a falta de sensibilidade na "gestão" dos recursos humanos do partido...podem augurar momentos de grande turbulência nos tempos mais próximos.

A triste figura que lhe foi emprestada na "condução" do debate do OGE/2012 vai-se-lhe colar como sarna ao paciente.

As intervenções, antes, durante e ainda não depois, da discussão e votação na generalidade do OGE, do jovem líder dos socialistas...para esquecer!

Mas, a politica é viperina e verrinosa.

Nada se esquece, pouco se perdoa e cobra-se quase tudo, na primeira oportunidade.

Seguro, aka Tó Zé, já provocou muitas azias nos seus secretários e secretários adjuntos nacionais. Depreciou-os, de um modo geral, escolheu-os mal, desajustou-lhes pelouros, afastou alguns...enfim, o baile está armado.

É bem verdade que, após derrotas violentas, os socialistas compram, quase sempre, SG's em saldo (foi o caso de Vítor Constâncio, de Jorge Sampaio, não exactamente de Ferro Rodrigues, mas ainda assim transitório...).

Não tenho dúvidas que António José Seguro foi comprado na feira de Carcavelos, como contrafação...nem sei bem de que marca!

O futuro dos socialistas, para já está associado a Seguro, seguramente.

Mas aceita-se que os socialistas, pelos desempenhos do jovem rapaz, pouco capaz, de Penamacor, vão penar, penar, sofrer e flagelarem-se, como já não se via faz muito tempo e durante uma quase eternidade.

Quem viver verá.

PS - Pode ver-se e ouvir-se aqui a intervenção final,15 minutos, de António José Seguro no debate parlamentar sobre a proposta do OGE para 2012.

Fraquinha, deveras fraquinha, sem rasgo, sem golpe de asa, sem frontalidade e sem se perceber em que "campo" se encontra o Partido Socialista.

A narrativa e a retórica do líder socialista... é quase pífia.

Que saudades da tribunícia de José Sócrates!


publicado por weber às 11:31
link do post | comentar | ver comentários (1)
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O estado a que chegou o p...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...