Sexta-feira, 22 de Maio de 2009

A espantosa Helena

"A propósito ainda do pedido de demissão de Michael Martin, é interessante ver como o parlamento inglês apresenta uma pobreza tecnológica e até uma falta de conforto constrangedores quando comparados, por exemplo, com o parlamento português. Nenhum daqueles parlamentares britânicos exibe computadores durante as sessões, até porque, à excepção dos joelhos, não teria onde colocá-lo. Mas questionam e discutem como compete a quem tem História e presta contas ao povo. Por cá exibem computadores, sempre ligados para dar um ar de ocupação, como os funcionários das repartições".

Helena Matos, Público, 21 de maio de 2009

Esta prosa é de uma "grande publicista" da nossa praça, mas,como se percebe, passa ao lado da noticia.

As noticias, que abalaram a grande democracia ocidental, a mais velha democracia europeia (terá 700 anos bem contados...), não é o carácter vetusto da da sala da Câmara dos Comuns, mas a corrupção que submergiu quase todas as agremiações politicas da Albion: conservadores, trabalhistas e liberais. Desde comidas para gatos e cães, roupas pessoais, perfumes, bens imóveis comprados "duas" vezes, até ao que ocorreu com dois deputados, que se venderam a certos investidores estrangeiros, para "amenizarem" legislação de interesse ao investimento estrangeiro.

E venderam-se , cada um, por 100 000,00€.

A teoria da "cândida" Helena: não tem condições de trabalho, coitados, toca a sacar à tripa forra, e no erário público.

E siga a dança em Portugal!

J.A.

A foto que se publica é de um "modesto" edifício onde está instalado há séculos o Parlamento inglês, que, se percebe, pelo "pequeno" tamanho, que não tem condições para instalar condignamente as novas tecnologias de informação, tão essenciais à vida de qualquer paisano e, suponho eu, até da publicista encartada, Helena Matos, que não despensará, em circunstância alguma o seu PC.


publicado por weber às 16:52
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. A espantosa Helena

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...