Quarta-feira, 26 de Outubro de 2011

O Louçã está frito

Não. Não é esse que o titulo possa sugerir. É o outro, o primo, o Gasparzinho, o que está Ministro das Finanças do PPC.

Hoje foi, está ainda, neste momento, na Comissão Parlamentar, de Economia e Finanças, a tentar "explicar" o que não tem explicação.

Em primeiro lugar, entregou a proposta da Orçamento para 2012, sem as GOP's, como obriga a...Constituição. Nenhum governo, antes deste, se "furtou" a tal exigência.

As GOP's importam, já se viu, por que estão constitucionalizadas e têm de aparecer em simultâneo com o OGE, mas para um horizonte temporal mais dilatado (2013, 2014...creio eu). O Gasparzinho sabe isto, até por que é um craque nestas matérias, de um ponto de vista técnico e burocrático. Então, pergunta-se, por que não entregou ele as tais GOP's? Simples. Por que não acredita nas medidas orçamentais que propõe. O guarda-livros de Boliqueime já o alertou para essa possibilidade. No tal discurso em que bolçou a célebre frase da "equidade fiscal", disse outra bem mais penosa e assassina: "não é garantido que as medidas propostas em sede de OGE/2012 resultem".

Ora aqui é que bate o ponto.

Mas, vamos por partes.

O OGE/2012 assenta em várias tretas.

1ª treta - Houve um desvio na execução orçamental e...bumba meu boi, corta dois subsídios;

2ª treta - Aumenta-se os consumos intermédio;

3ª treta - Corta-se mais na saúde, mas muito mais, e na educação do que o Memorando firmado com a troilka obriga;

4ª treta - Como não acreditam no seu próprio OGE...estão, por via do esbulho aos trabalhadores, pensionistas e idosos, a criar uma almofada, uma espécie de PPR para as derrapagens...

Ora bem.

Perante esta situação os socialistas só podem fazer quatro coisas:

1- Fazer a demonstração de que não há desvio na execução orçamental de 2011;

2- Fazer a prova de que este OGE 2012 vai muito para além do que foi combinado com a Troika;

3- Absterem-se na votação geral, introduzirem propostas de alteração no debate na especialidade e, caso não obtenham provimento, na votação final e global...votarem contra.

Foto - João Galamba, deputado socialista, economista, quase doutorado em filosofia politica, membro da comissão de economia e finanças. Um dos mais brilhantes economistas da actualidade parlamentar. Vai ter papel de mor relevo no debate do OGE2012.

tags:

publicado por weber às 11:19
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Louçã está frito

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...