Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2010

O mundo a olhar para nós

Este OE para 2010 foi formatado para que a divida pública não dispare.

E porquê?

Porque a sua viabilização foi negociada à direita e com a direita, et pour cause...

E por que é necessário pedir dinheiro ao estrangeiro, se não contivermos a despesa primária (do Estado) seremos penalizados nas empresas de rating (que classificam os países em perigo de insolvência...).

Estas classificações servem para os "prestamistas" financeiros internacionais aumentarem e/ou baixarem as taxas de juro.

O artigo de Pedro Adão e Silva no jornal i dá-nos conta deste dilema aqui

Quando era preciso investimento público para aquecer a economia e começar a diminuir o desemprego fomos para politicas de contenção do deficit: esperemos não nos virmos a arrepender...TODOS.

J.A.

O mundo a rodar e...a olhar para nós.

tags:

publicado por weber às 16:09
link do post | comentar | ver comentários (2)
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O mundo a olhar para nós

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...