Segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2010

Manuel Serra morreu

Manuel Serra, revolucionário, antifascista, "putchista" relapso, morreu aos 78 anos, derrotado por doença prolongada.

Fez parte do grupo misto, civis e militares, que tentou o assalto ao quartel de Beja, nos idos de 1962, no dia 1 de Janeiro. Integravam aquele grupo, politicamente ecléctico, Edmundo Pedro, Hipólito dos Santos, Fernando Piteira Santos e Varela Gomes, nomeadamente.

Homem oriundo dos círculos dos cristão progressistas, empenhou-se na luta pela liberdade sem falhas.

O seu percurso pós 25 de Abril de 1974 é, mais ou menos, conhecido.

A memória dos heróis da luta anti-salazarista, mesmo quando não estão próximos de nós, deve ser preservada.

Diria mesmo: sobretudo quando não estão perto de nós, na ideologia, no projecto politico, no modelo de sociedade.

Manuel Serra foi um homem honrado.

Faz parte, inquestionavelmente, da galeria de mártires e heróis da luta antifascista.

Por isso aqui o recordo.

J.A.


publicado por weber às 18:47
link do post | comentar | ver comentários (3)
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Manuel Serra morreu

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...