Domingo, 24 de Julho de 2011

O hino, que pode ser do norueguês assassino

Hino nazi

Anders Behring Breivik, norueguês, responsável pelo assassinato de quase cem irmãos seus, com um discurso desconexo, cheio de contradições e incongruências, bem pode "filiar-se" na narrativa dos nazis alemães, que ele parece repudiar... Hitler considerava os noruegueses como os "arianos" puros, perfeitos. Criou mesmo um programa especial de acasalamento, que pode compulsar Aqui:Los ninos Lebensborn, texto recuperado pela historiadora Irene Pimentel e publicado no seu blog pessoal. 

Esta fotografia do assassino, paramentado com avental, faixa e luvas maçónicas só pode ser uma fraude. Qualquer maçonaria, deísta ou adogmática, cultua, como divisa, a Liberdade, a Igualdade e a Fraternidade. Nas Constituições de Anderson, do século XVIII, fundadoras da maçonaria especulativa, ainda hoje em vigor, em qualquer Grande Loja, ou Grande Oriente, acresce a trilogia noaquita, os três pilares levados para a Arca, de modo a sobreviverem ao dilúvio: a Verdade, a Solidariedade e o Amor Fraterno.

Nos actos deste vulgar cidadão, até perpretar a mortandade,  nenhum destes valores se lhe reconhecem.

Só podemos, pois, estar perante uma fraude.

Importa, pois, que as "autoridades" maçónicas da Noruega venham, rapidamente, esclarecer.

Esta fraude terá escrito "quero ficar conhecido como o maior monstro depois da 2ª. guerra mundial".


publicado por weber às 17:05
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O hino, que pode ser do n...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...