Quinta-feira, 1 de Julho de 2010

Queirós, o passa-culpas

Ouvi a conferência surpresa convocada por Carlos Queirós, ontem pela manhã.

A arrogância com que desancou nos jogadores, particularmente, em Cristiano Ronaldo afirmando que foi ele, Queirós, que criou o melhor futebolista do mundo, em que se promoveu como "grande" técnico de futebol, em que considerou a campanha boa e que definiu o futuro como radioso...de chorar. Perante perguntas simples:- O que correu mal com a Espanha? Na segunda parte não poderíamos ter feito diferente? As substituições não resultaram e porquê?

Aos costumes, o filho dilecto do cavaquismo, disse nada.

O DN publica esta noticia, que denota o desagrado de jogadores e responsáveis da Federação.

tags:

publicado por weber às 03:04
link do post | comentar | ver comentários (1)
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Queirós, o passa-culpas

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...