Terça-feira, 31 de Maio de 2011

O Professor

Como politico, foi o maior fiasco do centro-direita, e provou o veneno do seu "amigo" Paulo Portas, aquando da sua presidência partidária.

Não ganhou nada.

Perdeu para Sampaio a Câmara de Lisboa.

Não chegou a ir a votos para as legislativas, por que se demitiu, entretanto.

Faz anos que se acantonou no "comentário" politico e televisivo.

Transformou-se numa espécie de entertainer da "análise" politica.

Iniciou-se na TVI, de onde foi afastado.

Passou pela RTP1, de onde saiu para retornar à TVI, onde se encontra, actualmente.

No domingo passado dedicou-se a um exercício do mais despudorado sentido amoral, que se pode emprestar a um analista da politica.

Assumindo-se como militante dos sociais-democratas, pediu aos telespectadores para abstraírem da sua condição e aceitarem a análise por ele produzida.

Os socialistas não gostaram e convocaram uma conferência de imprensa em que Vieira da Silva acusa Marcelo de inadmissível apelo ao voto.

Vale tudo.

É fartar vilanagem.

É alinhar os jornais, as tv's, os comentadores e logo se percebe que vai valer tudo.

A fome de poder é muita e a vontade de ir ao pote...imensa.

tags:

publicado por weber às 10:24
link do post | comentar | ver comentários (1)
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Professor

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...