Quinta-feira, 5 de Julho de 2012

Licenciatura "menoris causa"

O ex-deputado do CDS e seu ex-dirigente, Narana Coissoró (na foto), professor na Lusófona e no curso que Relvas diz ter frequentado e no qual se licenciou, comentando a "Licenciatura" de Miguel Relvas afirmou, com o humor e fina ironia que se lhe reconhecem, que não existem "Licenciaturas honoris causa"".

À medida que os actores desta farsa vão falando, percebe-se que não há nada para dizer e que, quanto mais debitam, mais o superministro se enterra. Como dizia o meu amigo JAM "cada cavadela, cada minhoca".

Percebeu-se já que Miguel Relvas "comprou" uma licenciatura, destruindo, assim, a pouca credibilidade que a Universidade Lusófona ainda tinha.

Quanto à sua honorabilidade, essa, fica beliscada de modo irreversível.

Por muito menos foi a reputação e a credibilidade de José Sócrates à viola.

Na Grécia antiga, a Paideia, cultuavam um trio de valores, sem os quais não se podia sequer sonhar em servir a Polis: Logos, Ethos e Pathos.

Miguel Relvas trouxe para este governo algum Pathos. Agora, percebe-se, que nem Logos tinha para o habilitar em Ministro!

Leia-se o dossier de o Público.

Mais claro que isto...não há.


publicado por weber às 14:33
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Licenciatura "menoris cau...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...