Terça-feira, 27 de Abril de 2010

Quando o amor nos cega

 

Helena Matos, opinadora, comentadora, "escritora", publicista, publica no blog "blasfémias" um texto deveras interessante onde canta loas e hossanas a MFLeite, que pode ler aqui e inteirinho, de seguida:

 «Ouvir Manuela Ferreira Leite na comissão da AR é uma espécie de viagem a uma outra dimensão: pode discordar-se ou concordar-se com ela mas sobretudo está-se perante alguém que assume o que diz, que não faz de conta que não se lembra, que tem claro para si o que pode ou não fazer quando se é membro dum Governo….  Enfim, alguém muitos patamares acima dos vitalinos da vida.»

Gostei deste trocadilho "vitalinos da vida".

Mas esperava mais da ilustre publicista.

Expectava  um "afirma Pereira", ou a "dama-de-latão", ou "Bosco a obra de deus", ainda que fosse "o oliveira é quem mais ordena"...já teria ficado contente.

Pronto.

Ficou-se pelos "vitalinos da vida".

Não tem estudos para mais.

Que se lhe há de fazer?

PS - Foto da "amada", com cara de quem não se incomoda com os factos, com a urgência da produção de prova e de quem afirmou: -O primeiro-ministro mentiu por que sim.

tags:

publicado por weber às 09:18
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Quando o amor nos cega

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...