Sábado, 26 de Fevereiro de 2011

Da amizade, do pluralismo, das opiniões

 

 

 

 

 

 

Sou amigo do João Tunes desde 1965.

Faça-se as contas e já contamos, pois, 46 anos de forte e convicta amizade.

Devo-lhe muitas coisas, que não vêm todas ao caso.

Uma, devo-lhe e que, recorrentemente, gosto de recordar: em Dezembro de 1967, perseguido pela PIDE, foi ele, João Tunes  que tratou de TUDO para que eu pudesse sair de Portugal em segurança.

Ligam-me, pois, ao João laços eternos de gratidão e amizade.

Quanto ao resto, que pouco importa, mas, de quando em vez, tem a sua importância, as ideias, as opiniões, as posições...nem sempre estamos de acordo.

Tal nunca melindrou ou perturbou a nossa forte amizade.

E nada, nem ninguém, perturbará a nossa amizade.

Mas vamos ao que tem actualidade e suscitou este meu post.

Em 2008, noutro blog, escrevi este post interesse nacional e comércio internacional.

O João, hoje, recuperou esse post para falar do Ditador Kadhafi.

No post que ele  dedica ao tópico e que, de algo modo, me dedica, chamando-me, e justamente, blogger socialista, não encontrei "nada" que nos colocasse em desacordo.

Ele sustenta que Sócrates fez declarações de apoio aos ditadores de Angola, da Venezuela e da Líbia, à época.

Eu não sustentei coisa diversa. Afirmei, isso sim, que nas declarações "oficiais" de Estado, conjuntas, então celebradas não se produziram referências ideológicas de apoio aos regimes em questão.

Contudo, tinha decidido, por que ando de roda do Mediterrâneo do Fernand Braudel, escrever post sobre o que se está a passar no Sul do Mediterrâneo.

Este post do João veio espevitar, ainda mais, o meu interesse sobre o tema, mas vou fazê-lo com mais serenidade.


publicado por weber às 12:51
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Da amizade, do pluralismo...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...