Domingo, 22 de Abril de 2012

O efeito Mateus


Mateus (pintado por Rembrandt), o apóstolo, antecipou, e em muito, os efeitos perversos da nossa sociedade actual.

Daí ouvir-se frequentemente falar do "efeito Mateus": quem muito tem, mais terá; quem quase nada tem, nada ainda terá.

Este Mateus bíblico terá chefe de cobrador de impostos e inventou, com essa experiência, parábolas tentadoras, relatas pelo Pe. Anselmo Borges na sua crónica semanal, que pode ler por aqui.

tags:

publicado por weber às 13:25
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O efeito Mateus

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...