Sexta-feira, 2 de Março de 2012

Este Carrilho deixa-me, verdadeiramente, pasmado

Manuel Maria diz-se pensador, filósofo quiçá, ao modo dos pensadores da "nouvelle vague" da filosofia pós 68.

Mas a gente aperta um pedacito a malha e de ideias consistentes...nada.

Leia-se aqui esta  prosa, além de continuar a maldizer no Partido Socialista, nada se apura de eficiente, em termos ideológico, ou mesmo politicos.

Faz pouco tempo, realizou-se um debate na Universidade de Aveiro sobre a nova empregabilidade. Um académico, professor vitalício, do alto da sua sabença catedrática anunciava ao auditório "hoje, já não há empregos para a vida; o paradigma mudou".

Manuel Maria, o filósofo, anuncia "crise que vivemos é mais de ideias do que de outra coisa".

Experimente-se dizer a um desempregado de longa duração, que já perdeu o subsidio de desemprego e que tem mais de 50 anos, que a miséria e a fome que lhe bateram à porta é mais uma "ideia" que falta de comer ou de dinheiro.


publicado por weber às 08:34
link do post | comentar | ver comentários (1)
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Este Carrilho deixa-me, v...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...