Sábado, 24 de Março de 2012

Maçonaria portuguesa: GOL congela relações com a GLLP

No seguimento de um encontro no American Club, em que os dois Grão-mestres, respectivamente Fernando Lima e José Moreno, estiveram na mesma mesa e participaram em animado debate com os participantes, apareceram noticias, veiculadas pelo semanário SOL, de que a fusão entre as duas obediências estava em curso.

A fonte desta noticia... o próprio Grão-mestre da GLLP, José Moreno.

Esta e outras afirmações de José Moreno levaram o Grão-mestre do GOL a congelar as relações institucionais com a outra obediência maçónica portuguesa.

Veja a noticia.

"O grão-mestre do Grande Oriente Lusitano (GOL), Fernando Lima, desmentiu hoje a notícia do semanário Sol, que dá conta que a cúpula das duas maiores obediências do País têm discutido uma fusão. Desagradado com as declarações do grão-mestre da Grande Loja Legal de Portugal(GLLP), o grão-mestre do GOL adiantou ao DN que vai cortar as relações com a maçonaria regular. "Congelo as relações com a GLLP, enquanto o dr. José Moreno for grão-mestre da obediência", garantiu ao DN Fernando Lima.Tudo começou num almoço-debate no American Club, onde José Moreno disse que
"o País precisa da sua maçonaria. Universal e una", criticando o facto de Portugal ser o País "com mais grão-mestres per capita". Surpreendido com as notícias de uma fusão entre as maçonarias, Fernando Lima só admite retomar as relações com a GLLP se José Moreno "vier publicamente desmentir que negociamos uma fusão". Os últimos meses têm sido pautados por uma boa relação entre as duas maiores obediências maçónicas do País. A paz entre os irmãos das maçonarias regular (GLLP) e adogmática (GOL) chega assim ao fim."


publicado por weber às 12:16
link do post | comentar | ver comentários (1)
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Maçonaria portuguesa: GOL...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...