Terça-feira, 4 de Janeiro de 2011

História do algarvio que queria nascer duas vezes

 

Oscar Mascarenhas, jornalista, colunista, opinador no Jornal de Noticias, escreve sobre as relações entre o Presidente da República e a mandatária para a Juventude do candidato Cavaco Silva, em 2005.

O pretexto utilizado: Defensor Moura, em debate televisivo, contou histórias "edificantes" em que foram protagonistas Cavaco Silva, PR e Katia Guerreiro, fadista e artista contratada.

Leia-se a opiniao em que Cavaco Silva, o impoluto, o sério (uma ova!...), o honesto, o competente...o tretas, aparece como agenciador de concertos e empresário de artista.


publicado por weber às 11:58
link do post | comentar | ver comentários (1)
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. História do algarvio que ...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...