Quarta-feira, 25 de Abril de 2012

O melhor presente...

que me podiam ter dado: na SICnoticias, em programa dirigido pela jornalista Ana Lourenço, dito contra corrente, em presença, dois dos intelectuais portugueses que mais venero. De famílias politicas distintas, mas de acordo sobre o simbolismo e a importância de um acontecimento: a recusa dos capitães de Abril em participarem nas comemorações oficiais e nacionais do 25 de Abril.

Não sei quanto tempo durou o debate/conversa entre a historiadora Irene Flunser Pimentel, minha mestre nesta ciência da historiografia e o José Adelino Maltez, meu fraterno companheiro de espiritualidades partilhadas.

Aqui e acolá sentia-se diferenças entre eles, pequenas, mas um traço a uni-los, sempre, durante a conversa: a ética, a honradez, o valor da palavra investida e o rigor da análise.

Vejam.

Ouçam.

Repitam, por que é uma LIÇÃO de dois Mestres do pensamento português.

Abençoados sejam.

Bem hajam, ambos, pelo muito que me deram e continuarão a dar.

Aqui: Irene Pimentel e JAM.

 


publicado por weber às 17:30
link do post | comentar | ver comentários (4)
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O melhor presente...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...