Quinta-feira, 9 de Dezembro de 2010

Se se confirmar...que grande noticia

 

A iraniana, Sakineh Mohammadi Ashtiani, que ia "acusada" de adultério, depois de enviuvar, e de "assassínio" do marido...condenada à morte por lapidação, terá sido libertada.

A noticia está a ser veiculada por fonte credível, segundo a Amnistia Internacional.

Na mesma ocasião, um dos seus filhos e um dos seus advogados, presos, também, terão sido libertados.

Leia-se e ouça-se na tsf.

A Internet está "cheia" da boa nova.

De quase todas as partes do mundo vem o estupor...benfazejo.

É recorrente vir associada às iniciativas de Lula da Silva e Dilma Rousseff, a Presidenta eleita, junto das autoridades iranianas.

A confirmar-se, esta é a melhor noticia que hoje podiamos ter.

O post da nossa amiga Ana Paula Fitas sobre este tópico é tão oportuno quanto adequado, pois valoriza a solidariedade de causas e por causas, como ferramenta de cidadania mundial: bem haja.

tags:

publicado por weber às 20:08
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Se se confirmar...que gra...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...