Terça-feira, 7 de Junho de 2011

Arguto observador

Ferreira Fernandes, jornalista, além de supino cronista, revela-se, a espaços, um arguto observador.

Leiam-lhe a crónica d'hoje e estaremos, concerteza, de acordo sobre os seus merecimentos.

Inteira e já de seguida:

«Ontem, aconteceu mais uma aparição de Steve Jobs, o profeta da Apple. Muito magro (todos sabemos que ele tem uma doença grave), de jeans e camisola negra largueirona, Jobs apresentou mais uns produtos da sua casa (ele já não aparecia desde Março, quando lançou o iPad 2). Utilizador básico, dei atenção talvez exagerada a um gesto que me perturba pela importância que cada vez mais tem. Falo do "movimento de pinça", esse beliscão que a boa educação e a libertação feminina parecia terem condenado a desaparecer e ao qual as novas tecnologias deram agora um relançamento imparável. Dois dedos fundadores de todas as civilizações, o polegar e o indicador que, opondo-se, nos tornaram seres superiores - ao ensinaram-nos a agarrar objectos e através desse saber nos fizeram mais fortes que os outros animais -, esses dois dedinhos, pois, redescobriram outra função: chegam-se ao ecrã e miraculosamente afastam e diminuem imagens, arrastam daqui para ali frases e fotos. O polegar parecia remetido à frase feita (" ficar a chuchar no dedo") e o indicador à função simplória de apontar. E ei-los, agora, modernaços, acoplados à versão OS X Lion do sistema operacional para computadores Mac! O órgão, diz-se, desaparecendo com a falta de uso, talvez o mindinho fique mais pequeno, e o anelar e o médio, sem jeito nem função. Mas para o polegar e o indicador está garantido um futuro radioso

tags:

publicado por weber às 07:50
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Arguto observador

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...