Quinta-feira, 30 de Setembro de 2010

José Adelino Maltez

Gosto do homem.

Unem-me a ele uma dimensão espiritual, partilhada em chão sagrado, que nos convocam a trilhar caminhos antigos centrados, ao modo grego do ETHOS, do LOGOS e do PATHOS e que, no dizer de uma grande senhora do classicismo em Portugal, Maria Helena da Rocha Pereira, na civilização romana, com direito maior na cidade, foram plasmados na VIRTUS.

Isto vem a propósito de quê?

Adelino Maltez dedilha, de quando em vez, no "albergue espanhol".

Contrariamente a alguns dos locatários dessa plataforma opinativa, não ofende ninguém, escreve muito bem e vai, quase sempre, ao que é importante e ao que importa.

Percebe-se a sua "facção", mas entende-se, sobretudo, o seu patriotismo e, sendo "monárquico", é comovente o seu amor à "república".

Leia-se este curto quanto incisivo post e há-de entender-se, disso tenho a certeza, o que atrás deixei dito.

Busto de Marco Túlio Cícero.


publicado por weber às 22:53
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. José Adelino Maltez

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...