Quarta-feira, 3 de Agosto de 2011

"Quem sabe para onde quer ir nunca se perde"

Val tem razão: lições a colher memoria a cultivar, em post curto, mas que diz tudo.

Tudo, não será, mas é o bastante para nos obrigar a reflectir.

Assim mesmo.

Ele há momentos em que cheira a fim de ciclo e tudo se torna incontornável.

Por muito que se faça, nada entra, nada é entendível, tudo é improvável.

A caracterização das forças em presença, esquerda, direitas, partido central, feita por Val, sem falhas.

Esperemos, tão só, que a história ponha ordem no caos.

A ver vamos.

A espera dos generais, ou generalas, dos capitães, dos lugares tenentes e dos moços de recados, do SG socialista, A.J.Seguro é, exactamente, assim como é afirmado: ainda estamos em interlúdio oposicionista.

tags:

publicado por weber às 10:15
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. "Quem sabe para onde quer...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...