Segunda-feira, 18 de Junho de 2012

A "syriza" no cimo do bolo?!

Nem um pouco.

Ontem, nas eleições gregas, a Nova Democracia (na foto, Antonis Samaras, líder deste agrupamento) ficou à frente, com 29%, a Syriza (o Bloco lá do sitio) teve 27% e os socialistas do PASOK ficaram-se pelos 13%. De acordo com a arquitectura do sistema eleitoral a Nova Democracia e o PASOK chegam para formar governo, respaldados numa maioria parlamentar.

O líder da Syryza já disse que os seus 27% de votos vão para a oposição. Lá, como cá, estão sempre fora do sistema. Nunca são parte da solução, mas existem para fabricarem problemas.

No entanto, os dirigentes do PASOK estarão a fazer constar que só integram um governo onde esteja gente da Syriza. Cheira-me a pressão sobre os patrões da UE, Alemanha e França.

Vamos esperar para ver.

Para já, as coisas não correram tão mal assim.

Leia-se uma batelada de opiniões sobre o tópico por aqui.

Combinando esta situação, com a maioria absoluta dos socialistas franceses na segunda volta das legislativas e acrescentando-lhe as posições de François Hollande as coisas podem, ainda, endireitar-se...

tags:

publicado por weber às 12:40
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. A "syriza" no cimo do bol...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...