Terça-feira, 14 de Junho de 2011

Não, disse Garcia Pereira

 

Sabia-se que Paulo Portas tinha solicitado ao advogado Garcia Pereira, que já o tinha representado noutras situações, para avaliar as declarações de Ana Gomes, que o tinham escolhido como "alvo".

Sabe-se agora, por Nota enviada à comunicação social, que aquele conhecido causídico declinou a incumbência.

Pode-se atestar aqui.

A secura da fórmula é de bom tom e profissional:

“A propósito da notícia recentemente vinda a público referindo a eventual representação pela minha pessoa do Sr. Dr. Paulo Portas num processo contra a Sr.ª Dr.ª Ana Gomes, venho por este meio esclarecer que não aceitei patrocinar tal causa...”


publicado por weber às 19:08
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Não, disse Garcia Pereira

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...