Quinta-feira, 17 de Maio de 2012

A França e os EUA

Os franceses apoiaram, em finais do século XVIII a luta pela independência das Colónias Inglesas da América do Norte. Lafayette é herói americano. Alexis de Tocqueville é um grande escritor de Democracia americana, provavelmente, o seu melhor historiador e analista.

A estátua da Liberdade, icone maior dos EUA, foi oferecida pela França revolucionária.

Desde então, particularmente no declinio dos impérios, sobretudo depois da 2ª guerra mundial, criou-se um sentimento antiamericano em França. Charles De Gaulle foi um dos políticos mais acérrimos nesse sentimento. A história é conhecida e tem alguma actualidade.

Espera-se de Hollande e de Obama, bom senso e, sobretudo, responsabilidade perante a história de amizade e afectos que presidiram às relações do oitocento entre os dois "povos", entre as duas "nações". Hoje será mais adequado falar de Estados e de amigos.

Esperemos pela próxima cimeira franco-americana, para percebermos a grandeza dos estadistas.

Para já, ouça-se o hino.


publicado por weber às 17:24
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. A França e os EUA

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...