Segunda-feira, 18 de Abril de 2011

A Europa

 

O Eduardo Pitta é, sabemo-lo, um fino observador.

Faz, contudo, uma leitura factual das eleições na Finlândia que pode sugerir que a "implosão" da UE ali teve inicio.

Não o creio.

Como também não acredito que haja almoços grátis.

Quando recebíamos, aos triliões, marcos e francos, franceses, belgas, luxemburgueses e florins, não se ouvia vozes anti-alemãs ou anti-francesas ou outras pelo reino de Portugal.

Agora, que as coisas apertam...aí estão os nacionalismos rasteiros a medrarem.

Pois, o drama é que não temos, na actualidade, líderes de dimensão que possam congregar as bandeiras da União politica e da moeda única.

Mas leia-se o post do literato, que tem muita informação,  a menos despicienda não será a da brutal abstenção: 68% não votaram *.

* Afinal, depois do apuramento final, a abstenção andou nos 31,7%.


publicado por weber às 11:18
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. A Europa

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...