Quinta-feira, 19 de Maio de 2011

A contra-corrente

 

Gosto de Ferreira Fernandes por muitas razões.

A primeira das quais, até podia ser a única, a sua assertividade, sóbria e inteligente.

Diz o que pensa, o que sente e o que quer.

Normalmente, não chuta para canto, menos ainda assobia para o ar.

A pretexto das afirmações da Srª. Merkel sobre férias, idade de reforma dos gregos, dos portugueses e dos espanhóis, fala da sua classe profissional e fala de si próprio.

Leiam-no e aprendam a criticar com argumentos sérios e consistentes e menos com atoardas demagógicas e pirosas.


publicado por weber às 10:14
link do post | comentar | ver comentários (2)
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. A contra-corrente

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...