Quarta-feira, 14 de Outubro de 2009

O "singular" caso de Almada

Hesitei em abordar os resultados eleitorais em Almada, do último domingo dia 11 de Outubro de 2009.

Tenho consideração por Paulo Pedroso. Tenho razões objectivas para assim proceder.

Acho que está inocente e que foi vilmente envolvido no processo da Casa Pia.

Não vou opinar sobre as tramitações em  sede de judicatura do seu caso "penal".

"Apoiei-o" no que pude, e foi muito pouco, nesta sua batalha eleitoral.

É-me, por isso, penoso abordar o "singular" caso de Almada.

Vamos aos dados, aos factos e, depois, às minhas cogitações.

Em 2005

Câmara Municipal

CDU-28 799 - 42,33%

PS-17 439- 25,63%

PSD-11 961- 17,58%

B.E.- 4 785 -7,03%

CDS/PP-952-1,4%

MRPP-336-0,40%

Em 2009

Câmara Municipal

CDU-27 521-38,76%

PS-16 984-23,86%

PSD-10 977-15,42%

B.E.-5 555-7,81%

CDS-3 782-5,31%

MRPP-3 237-4,55%

Assembleia Municipal

CDU-27 247

PS-18 190

PSD-11 527

B.E.-7 078

CDS-4 420

São números perturbadores.

Paulo Pedroso tem menos votos e menos percentagem que o PS em 2005. O PS tem mais 1 206 votos para a Assembleia Municipal que Paulo Pedroso.

Em relação a 2005, descem a CDU (que perde a maioria absoluta na Câmara Municipal), o P.S. e o P.S.D. e sobem, claramente, o Bloco de Esquerda, o CDS (passa de 952 votos e 1,4%, em 2005, para 3 782 e 5,31%, em 2009) e, espectacularmente, o MRPP ( em 2005 tem 336 votos e 0,49% e, agora, obtêm um score de 3 237 votos e 4,55%).

Já quanto à Assembleia Municipal o comportamento é, também, singular. A CDU, praticamente não tem oscilação de votos; o PS já o sublinhámos, sobe;o Bloco de Esquerda cresce 1 523 votos e o CDS cresce 1 183.

Percebe-se, claramente, que o Partido Socialista sai penalizado pelo candidato que escolheu para disputar a Câmara Muncipal, o Dr. Paulo Pedroso.

E por que é que tal aconteceu?

Paulo Pedroso fez uma campanha inteligente; detectou as fragilidades da CDU e passou-as para o eleitorado; as suas propostas para uma Almada do século XXI eram óbvias e certeiras.

O que aconteceu, então?

A CDU perdeu um vereador para o B.E. e ainda a maioria absoluta que detinha na Câmara Municipal.

E que dizer das subidas abruptas do CDS/PP e, sobretudo, do MRPP, que em 2005 obtêm um resultado residual?

Em minha opinião o estigma do "envolvimento" de Paulo Pedroso, com a visibilidade mediática que teve, no "caso" Casa Pia "assassinaram-no" politicamente.

Pesou, e de que maneira, o preconceito sobre a personagem, o actor politico Paulo Pedroso "manchado", "estigmatizado" para a vida, pelo envolvimento a que foi sujeito no processo Casa Pia.

Perdoa-se a um Valentim Loureiro, a um Isaltino Morais, acusados de corrupção no uso dos seus cargos públicos, mas não se perdoa a um homem, que foi inocentado pela Justiça, mas sob o qual impende a "dúvida" que se cravou na opinião pública e que, provavelmente, nunca de lá sairá.

Os números não enganam!

É injusto?

Claro que sim, mas o preconceito moral, racial, xenófobo, clubístico, puritano destrói vidas e carreiras e os exemplos são mais do que muitos.

A de Paulo Pedroso foi,completamente, devastada.

Esta era a última tentativa de relançamento da "carreira" politica de um dos mais brilhantes politicos da sua geração.

Espero, convictamente o digo, que Paulo Pedroso encontre, na actividade científica e académica, a satisfação, o apaziaguamento e o merecimento que lhe é devido, pelas suas qualidades intelectuais e morais.

J.A. 


publicado por weber às 16:36
link do post | comentar | ver comentários (6)
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O "singular" caso de Alma...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...