Quarta-feira, 20 de Julho de 2011

Passos & Crato...mentirosos

Quem o sustenta é o "experto" em eduquês, espécie de guru de Passos Coelho antes de estar primeiro-ministro (parece que lhe tinha prometido a pasta da educação...diz-se) Santana Castilho, na edição de hoje do Publico.

Faz quinze dias tinha zurzido no PM, agora vai-se ao Crato, que nem gato a bofe.

Surripiado ao Eduardo Pitta, a pérola, que pode ler aqui:passos, maomé e crato.

E a prosa nova:

'«Todos sabem, mas são poucos os que se insurgem contra a incoerência e o ludíbrio na política. Passos Coelho, candidato, disse da carga fiscal o que Maomé não disse do toucinho. [...] A primeira medida que Passos Coelho, primeiro-ministro, tomou, foi confiscar um belo naco do rendimento do trabalho dos portugueses. Lapidar! [...] Como já afirmei publicamente, o expediente da suspensão do encerramento das 654 escolas não é mais do que uma manobra política de duplo efeito [...] No início de Julho, Nuno Crato suspendeu o fecho de 654 escolas. Dias volvidos, confirmou que 266 das 654 encerrariam imediatamente. Não teremos de esperar muito para confirmar o ludíbrio total. [...] Matando com ferro, com ferro começou a morrer no quadro desta pífia adaptação curricular do ensino básico, a que procedeu de forma monolítica. [...] No 1º ciclo, onde residem carências graves, tudo ficou na mesma. No restante, o mais relevante são mais horas para Matemática e Língua Portuguesa, como defendeu Maria de Lurdes Rodrigues em 2008. [...] É imprudente, numa formação básica, reservar para a Matemática e para a Língua Portuguesa o conceito de disciplinas estruturantes. [...] Ou quer-se, desde logo, subordinar tudo a um determinado modelo de homem e sociedade?»'


publicado por weber às 16:40
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Passos & Crato...mentiros...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...