Terça-feira, 12 de Outubro de 2010

Gosto

José Adelino Maltez coloca, quase sempre, o acento no ponto G do nosso viver colectivo.

Leiam-no aqui.

Ácido como sempre, bruto como os tempos o exigem.

Bate onde deve doer, em perspectiva, mas sem fugir à urgência do momento.

Gosto.

Está redito e uma vez mais.

Publico-lhe nesta rua o boneco, que é um espanto.


publicado por weber às 12:18
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Gosto

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...