Segunda-feira, 12 de Dezembro de 2011

"O óbvio"

Nem sempre estou de acordo com o homem do "arrastão", que "cronica" no Expresso e que tem assento de polemista no "eixo do mal".

Mas, ele há um aspecto essencial no perfil e carácter deste cidadão: a rectidão e a honradez intelectual.

Move-se, as mais das vezes, pelo binómio weberiano "a ética da responsabilidade e a ética da convicção".

Creio mesmo que, cada vez mais, privilegia, hoje em dia, a "ética da responsabilidade".

O "artigo" que dá à estampa no seu blog a pretexto de umas declarações feitas em Poitiers pelo nosso ex-PM, José Sócrates, denotam isso mesmo: honradez intelectual.

Mas, nada substitui a leitura do próprio. Leiam-no e assinalem-lhe a ética, coisa que vai rareando nas tribos militantes e politicas:o óbvio.


publicado por weber às 19:56
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. "O óbvio"

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...