Sábado, 16 de Abril de 2011

Ratzinger vs Bento XVI

Este titulo seria, no minimo, desconcertante não fora subordinar-se a um excelente texto do teólogo Anselmo Borges.

O ponto é: pode o Papa seguir o pensamento do clérigo que o habita? Tem, o Papa, poder bastante para fazer vingar o seu próprio pensamento na Curia romana e na Igreja?

O texto deste nosso padre, membro da Ordem dos missionários da Boa Nova, sedeados em Valadares, que pode ler aqui é assaz esclarecedor.

A parte final é, no entanto, perturbadora: «E dá liberdade para debater e divergir da sua obra. Pergunta-se: porque abriu então a Congregação para a Doutrina da Fé um processo à obra igualmente admirável sobre Jesus, de J. A. Pagola, "Jesus. Aproximação histórica", que vendeu 80.000 exemplares e está traduzida para várias línguas? Mas saberá Bento XVI o que se passa?»


publicado por weber às 11:31
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ratzinger vs Bento XVI

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...