Terça-feira, 22 de Junho de 2010

Da natureza humana

 

Sabiamos que Mota Amaral era uma homem de fé, creio que mesmo ajuramentado, numerário, do Opus Dei.

Sabiamos que foi Liberal no Caetanismo e de centro direita depois de Abril.

De Pedro Mexia sabemos que é um erudito, cinéfilo e cultor das belas letras.

Sabemos, também, que é homem conservador.

Mas, com a ajuda de Valupi, ficámos a saber que são, ambos, cidadãos impolutos e honrados.

Vale a pena lê-los.

 NB - Foto de Pedro Mexia.


publicado por weber às 10:23
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Da natureza humana

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...