Quinta-feira, 27 de Janeiro de 2011

Comemorações Nacionais: Louis Ferdinand Céline

Um dos maiores escritores do século XX francês.

Anti-semita, xenófobo, racista, arauto das perseguições aos judeus...julgado depois da Guerra de 39-45... e inocentado...

O processo do cidadão é complexo.

A qualidade da obra é inquestionável.

Por iniciativa do Ministério da Cultura de França, deveriam ter lugar Comemorações Nacionais, que integravam várias personalidades a festejar, por motivo de efemérides a occorrer este ano, onde aparecia o nome de Céline (morrreu em 1961, há, pois, precisamente, cinquenta anos...), o escritor, mas que não se pode dissociar do homem, como se viu.

Contudo, a França do "beau-monde literário" e não só, está sempre pronta para a barganha, a bulha, com pulhices de permeio.

As boas consciências insurgiram-se contra o prefácio do catálogo, assinado pelo Ministro, contra a escolha de Céline, tou court, que, em face à dimensão da polémica retirou o folheto e mandou às urtigas as ditas...nacionais para o antisemita.

Pierre Assouline, sempre atento as estas questões maiores da cultura toma parte e partido na polémica.

Leiam-no por aqui neste extenso tópico celine met les celebrations nationales dans de beaux draps.

Vale a pena.

Uma vez mais "a vida literária" ensombra e esbulha a literatura.

Pode-se ver ainda aqui, através do "moleskine literário", a noticia do El País.

Jean Luc Godard compara a obra romanesca de Céline, na primeira metade do século XX, há finisecular de Proust.

E mais não se poderá dizer.


publicado por weber às 15:47
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Comemorações Nacionais: L...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...