Terça-feira, 21 de Junho de 2011

A vida não está nada fácil para Francisco Louçã

A desgraça começou logo na noite eleitoral do passado dia 5 de Junho de 2011.

As piores promessas cumpriam-se.

O B.E. perdia quase 300 mil eleitores e, por arrasto, deixava por eleger 8 deputados. Uma "hecatombe".

Vozes crispadas começaram a zunir aos ouvidos do líder e da liderança bloquista. Daniel Oliveira, Gil Garcia, o independente e eurodeputado bloquista, historiador, Rui Tavares e ainda o jornalista Pedro Tadeu, colunista do DN.

Louçã bravo trotskista, encapuzado estalinista, começou a zurzir, a espadeirar em todas as direcções. À velha maneira da Internacional Comunista elegeu inimigos internos para distrair os seus acólitos dos reais problemas.

Cultor de um autoritarismo sem falhas, escondido dentro de fatos Giorgio Armani, soltou os cães da sua intolerância ideológica e, sobretudo, politica aos seus detractores e críticos.

Leia-se a análise politica às reacções destemperadas do líder bloquista pelo jornalista do D.N. Fica, em meu entendimento, muito aquém da urgência de uma análise mais circunspecta e abrangente, mas, ainda assim, permite interpelar F. Louçã.

Assista-se ao desfecho da polémica idiota provocada por Louçã e que visava, claramente, a honorabilidade cientifica e pessoal de Rui Tavares por aqui.

Acusado e acossado pelo líder bloquista o eurodeputado independente, decidiu afastar-se da representação nacional e integrar, sem filiação partidária o Grupo Europeu dos "Verdes".

É inominável o que está a ocorrer no interior do B.E., mas não augura nada de bom. Parece um "dejá vu" dos partidos estalinistas.

É necessário, sempre, encontrar um inimigo interno, para sustentar a incompetência das direcções. Sempre assim foi e assim será...até ao desaparecimento destas abencerragens politicas...os partidos, ditos, marxistas-leninistas.

Requiescat in pace.


publicado por weber às 18:12
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. A vida não está nada fáci...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...