Domingo, 22 de Maio de 2011

Mãe Maria Clara do Menino Jesus

Libânia do Carmo Galvão Mexia de Moura Telles e Albuquerque, nascida na Quinta do Bosque, actual Amadora, consagrada com o nome de irmã Maria Clara foi beatificada ontem no Estádio do Restelo, quase às moscas, não fora a mobilização das várias comunidades das Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição, que aquela ajudou a fundar e que encheram o relvado.

Das duas uma.

Ou a igreja católica está em crise, como todos nós.

Ou pesou o facto de ser uma Santa dos subúrbios, não mobilizando o povo cristão e católico.

Veja a reportagem do correio da manhã aqui.


publicado por weber às 10:46
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Mãe Maria Clara do Menino...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...