Sexta-feira, 31 de Dezembro de 2010

Elegância, civilidade

O nosso Embaixador em Paris já nos habituou a um "estar" na vida de modo singular, elegante, urbano e prudente.

Não é snob, não cultiva a pesporrência e, a cada passo, no seu blog, partilha connosco lições de vida e de humildade.

Dando préstimo à máxima de Aristóteles que "só somos, porque o outro é, existe", escreveu o obituário mais interessante que li de Azevedo Soares, militante destacado do PSD, com grandes responsabilidades partidárias e públicas.

Leiam e apreciem a grandeza civica de Francisco Seixas da Costa em duas-ou-tres- coisas.


publicado por weber às 10:19
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Elegância, civilidade

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...