Domingo, 18 de Julho de 2010

Azeite extra-virgem

Ferreira Fernandes agarra, sempre, os factos pelo lado certo.

O prof. Marcelo, na sua missa de domingo pela noite, na TVI, criticou Passos Coelho, oferecendo-lhe uma gordura animal, "manteiga", para adjectivar o que ele fez em Espanha e para agradar aos espanhóis.

Ora o nosso jornalista do DN coloca as coisas num território preciso e prenhe de consequências: a escassez do azeite extra-virgem vai empurrar os seus produtores a mantê-lo nas tulhas, para "deixarem" o mercado funcionar.

Muita procura, pouca oferta, os preços a subirem, a subirem, a subirem...

Vamos ter de consumir azeite com 0,8% de acidez e já é um pau.

É preciso libertar os mercados, como gosta de afirmar o actual líder do PSD.

tags:

publicado por weber às 21:49
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Azeite extra-virgem

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...