Sexta-feira, 29 de Julho de 2011

Os homens e as suas circunstâncias

«Tais elementos [os "elementos mais reaccionários ainda não desalojados das suas posições"], manobrando com a miséria dos trabalhadores que provocaram em dezenas de anos de exploração, mostram-se agora singularmente solícitos e generosos em relação às suas reivindicações, provocando a ruína e a falência das pequenas e médias empresas e a corrida a salários acima das possibilidades de muitos sectores e da própria economia nacional, acirrando a concorrência artificial entre trabalhadores. Numa dupla fase desta manobra, elementos suspeitos de ligações com o alto patronato e mesmo certos administradores de empresas importantes estão fomentando greves em sectores-chave dos transportes e do abastecimento público (...)»

Isto podia transformar-se numa adivinha.

Quem escreveu tal texto?

Quando foi escrito?

A probabilidade de ser um escriba "esquerdista" ou de "esquerda" é muita, pouca, ou mesmo nenhuma?

Pois, pois é.

Em 28 de Maio de 1974 o Comité Central do já legalizado Partido Comunista Português, emitia e divulgava um comunicado para "parar", tentar, suster o movimento grevista, as mais das vezes espontâneo e genuíno, em torno de objectivos salariais, aqui e acolá de controlo "operário" da gestão, da administração e, nalguns casos, de nacionalização das mesmas empresas.

Desconcertante?

A esta distância, talvez.

Mas recolocando-nos no contexto, no "momenta" histórico, não.

Mas sobra um reflexão para a actualidade.

Onde pára esse Partido Comunista patriótico, preocupado, antes de se resolver a questão marxista da "propriedade dos meios de produção", que escrevia prosa tão interessante quanto procedente perante a crise larvar que afectava então a Pátria, a Nação, o País?

Perante a crise que vivemos,hoje, a possibilidade de bancarrota, onde pára o Partido Comunista que foi capaz de escrever este pungente, quanto belo texto?

A minha tese é que virou para "o esquerdismo, essa doença infantil do comunismo"...não vos parece?

Para mim não restam dúvidas.

tags:

publicado por weber às 11:07
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Ainda o 25 de Novembro de...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...
Em destaque no SAPO Blogs
pub