Terça-feira, 28 de Fevereiro de 2012

Racismo, ralé, tirania

Hannah Arendt, em livro escrito à saída da Guerra Mundial, em 1949 percorre um longo caminho, em quase 700 páginas, que levou aos dois grandes totalitarismos do século XX: o nazismo e o comunismo soviético.É livro de leitura e meditações obrigatórias, nos tempos que se desfiam.

A acreditar nas palavras recentes do pai da reunificação alemã, o chanceler Helmut Köhl, na actual crise que fustiga a Europa, o risco da guerra está presente.

E, digo eu, o caldo que permite a emergência de nacionalismos perigosos, de racismos, de intolerância, de alianças entre a ralé e as classes altas, gananciosas, que tudo querem abocanhar (como ocorreu com os administradores dos bancos e seguradoras americanas e sucedâneos nacionais...por esse mundo fora), aí está para dar razão ao chanceler.

Do livro, que recomendo, vivamente, "As origens do totalitarismo", pp. 205, edições D. Quixote, 2010, este pedaço perturbador:

"Se for verdade que somos dominados pelo processo de Hobbes de infindável acumulação de poder, então a organização da ralé levará inevitavelmente à transformação de nações em raças, pois nas condições da sociedade acumuladora não existe outro elo de ligação entre indivíduos, já que, no próprio processo de acumulação de poder e expansão, os homens estão a perder todas as demais conexões com os seus semelhantes.

O racismo pode destruir não só o mundo ocidental mas toda a civilização humana. Quando os russos se tornam eslavos, quando os franceses assumiram o papel de comandante da mão-de-obra negra, quando os ingleses se tornaram «homens brancos» do mesmo modo como, durante certo período, todos os alemães se tornaram arianos, então essas mudanças significaram o fim do homem ocidental. Pois não importa o que digam os cientistas, a raça é, do ponto de vista político, não o começo da humanidade, mas o seu fim, não a origem dos povos, mas o seu declínio, não o nascimento natural do homem, mas a sua morte antinatural."


publicado por weber às 14:15
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Os Estados totalitários

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...