Terça-feira, 9 de Agosto de 2011

Fernando Rosas, historiador

Como cidadão tem um percurso politico intenso, sempre nas margens dos "sistemas".

Militou, ainda estudante e durante o fascismo, no Partido Comunista. Em Abril de 1974 está director do Luta Popular, órgão central do MRPP. Em 1980 é expulso e vai aproximar-se do PSR, trotskista, mas sem nunca aderir. É "sócio" fundador do Bloco de esquerda.

Dá hoje uma grande entrevista ao DN.

Não podendo fazer link para a versão integral dá-se aqui um cheiro.

Destaque para a frase que faz de cenário à foto do historiador. Notável.

tags:

publicado por weber às 10:09
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. "Se em 1980 o PS fosse co...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...