Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2010

Porque é que não se diz que Paulo Rangel é mentiroso e mente?

Isto dava um tese de semiótica?

Ou uma de linguistica?

Ou de jornalismo?

Ou...de qualquer coisa a acabar em honestidade dos media?

Não sei nem tal vem para o caso.

O interessante, é que Paulo Rangel, eurodeputado, candidato a líder do PSD, em entrevista ao jornal i, diz que não se recorda muito bem se esteve, ou não, inscrito no CDS.

O Correio da Manhã esclarece tudo.

O homem foi militante durante três anos, ao tempo de Manuel Monteiro.

Depois enviou uma carta a desarriscar-se e, em tempos, Paulo Portas, então já chefe do PP, quiz recuperá-lo para a actividade centrista.

O que se publica?

Dizem que Paulo Rangel tem problemas com a memória...

Veja-se aqui paulo rangel e o cds e a entrevista ao jornal i

Porque é que não dizem que Paulo Rangel é mentiroso e mentiu?

Por quer é que não se diz que Paulo Rangel tem um problema de carácter?

E siga a dança em Portugal.

Vamos esperar para ver a manchete do próximo Expresso:- As mentiras de Rangel.

Eu pagava para ver.

J.A.

tags:

publicado por weber às 14:05
link do post | comentar
partilhar
:
De logros a 22 de Fevereiro de 2010 às 17:45
Esse tipo é um prestigiditador nato.
Aliás, já a efabulação da "claustrofobia democrática", a que MFL e seus sequazes, incluindo aqui imprensa e magistratura, deram vivas, lambendo os beiços...é exemplo das suas retorcidas teses e memórias. Tese quw também agradou à esquerda sacaninha, pois tudo servia para bater no PS e em Sòcrates.
Eles apostam no rangelito, porque como Sócrates se tem mostrado indestrutível, têm que lhe atirar om mastim às canelas; o que interessa é que ele ataque e cause danos, que outras hienas possam aproveitar. Se fala no reverso da verdade e da evidência, não interessa.

I.


De weber a 22 de Fevereiro de 2010 às 22:30
É isso mesmo.
Gostei muito do "rangelito".
JA


De fernanda a 22 de Fevereiro de 2010 às 19:50
É que há liberdade de não expressão...ehehe, o que dá muito jeito a quem não interessa, de facto, a honestidade, que é uma coisa muito maçadora para certas pessoas.
Um abraço


De weber a 22 de Fevereiro de 2010 às 22:32
Assino por baixo.
A honestidade é, para muita gente, um fardo ou até um empecilho.
Abraço,
JA
PS - A exposição na Madeira correu bem?


De fernanda a 23 de Fevereiro de 2010 às 11:06
Correu muito bem. Tive surpresas muito agradáveis ao reencontrar pessoas da minha infância e até pessoas que já tinham ido a uma exposição minha feita há muitos anos no Castelo de Palmela. Também tive conversas interessantíssimas com pessoas que fizeram análises muito certeiras dos meus trabalhos. E mais ainda: os meninos de uma escola da Ponta do Pargo que tem o nome de uma tia minha, vieram, cantaram, tocaram e dançaram. O mais difícil foram as entrevistas porque não sei ser cautelosa e digo o que penso, o que pode parecer "ingénuo" ...eheheh, bem, interpretação minha.
Um abraço


De weber a 23 de Fevereiro de 2010 às 16:36
Fico muito contente.
Abraço grande,
JA


Comentar post


. ver perfil

. seguir perfil

. 9 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...