Quarta-feira, 25 de Julho de 2012

O P.C. não falha uma

Aqui o P.C. não se reveste de qualquer embuste ou ironia. Significa só a austeridade, por uso de iniciais, aplicada ao que se costuma definir como titular do post.

Este P. e C. "esconde" o jornalista Pedro Correia, forteapachista, que eu cultuo pela serenidade das suas análises, sobre as quais nem sempre concordo, mas uso e abuso do seu "ipsis verbis", talqualmente.

Esta, de hoje, é supina e verdadeira até ao tutano:

«Para testar o carácter de um homem, é dar-lhe poder.»

Abraham Lincoln


publicado por weber às 13:38
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...