Terça-feira, 24 de Julho de 2012

A Lusófona à beira do abismo

Faz lembrar aquela "boutade" do Presidente Castel Branco, brasileiro "o Brasil estava à beira do abismo; nós já demos um passo em frente".

A noticia que vem estampada no jornal i, anuncia a demissão de directores e docentes do tal curso obtido por Miguel Relvas, pode significar a queda, não de um anjo camiliano, mas o esboroar do grupo lusófona, controlada pela familia Damásio, Manuel, António e Teresa e etc.

Leia a infausta noticia por aqui.

tags:

publicado por weber às 16:53
link do post | comentar
partilhar

. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...