Terça-feira, 17 de Janeiro de 2012

O "equivalente" de Tony Blair

Tony Judt afirmou, se Tony Blair fosse um pintor, seria, sem sombra de dúvidas, Damien Hirst, líder dos YBA.

Fica aqui uma das obras do pintor para se poder confirmar o acerto da metáfora de Judt.


publicado por weber às 14:49
link do post | comentar
partilhar
:
De paulo Santos a 18 de Janeiro de 2012 às 00:01
Ola, como seguidor francamente assiduo gostaria de lhe pedir uma informação se possivel, acerca desta sua publicação pois nao a entendi bem. Mais precisamente devido á refenrência desse quadro.
Gostaria de saber se fiz uma interpetação correta do mesmo e qual o seu encaixe no comentario.

vou deixar aqui o link com o desenho:
http://imageshack.us/photo/my-images/62/semttuloiyz.png/

será que este simbolo judaico formado pelas 3 cores primarias e pelas 3 cores similares com o rosa no centro (alusão ao feminino como certo de uma crença) é uma boa interpertaçao do mesmo.

Desde ja agradeço o tempo dispensado
Os melhores cumprimentos
Paulo Santos


De weber a 18 de Janeiro de 2012 às 00:32
Eu, de pintura, sei pouco.
Acompanho alguns artistas. Gosto mais de uns do que de outros.
Mas, neste caso, o exercíco foi só mesmo para ilustrar a afirmação de Tony Judt.
Foi com este quadro, como poderia ter sido com outro.
E nem o facto de Judt ser judeu e, em tempos, sionista, o aproxima da leitura que você faz do quadro de Hirst.
Ao que sei Hirst é pouco convencional, muitas vezes acusado de plágio, ganha fortunas e não é flor que se cheire, no que respeita à moral ou à ética.


Comentar post


. ver perfil

. seguir perfil

. 8 seguidores

.pesquisar

 

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. The End

.arquivos

.tags

. todas as tags

.últ. comentários

Chame-me Parvo….Pois é, Sr. Pedro Tadeu, é isso me...